quarta-feira, 15 de abril de 2015

Acidentes


Não dá pra proteger o cotovelo de todas as quinas
e fugir de todas as dores
e ignorar todos os choques
ignorar feitos e efeitos
que atingem na unha no peito
n'onde nem dá pra identificar
(mas atinge.)
Depois
ainda me divirto com a dor
faço um brinde aos desconsolados
e voltar ao ciclo de
"acidentes".
(Você é um erro evidente
e é evidente que cometeria de novo.)

2 comentários: