quarta-feira, 6 de maio de 2015

Escrevi 'tchau' com caneta dourada


Acho engraçado até
como você finge que não tô aqui
(em lugar nenhum, na verdade)
vendado por cílios enormes
cego por uma visão exagerada de si próprio
uma arrogância que um dia já foi
'fofa'
na época em que tudo era tranquilo
e você era quente e aconchegante
e tinha o melhor ombro
e beijo
e dava os melhores abraços
e ainda dizia a coisa certa
e eu ainda não era só uma boneca velha
descartável
que tinha um prazo, sem saber.

6 comentários:

  1. Amanda, já era encantada com seu "antigo" blog, o conspirantes e agora vejo como você é capaz de evoluir ainda mais. O BB está incrível, parabéns por esse essência tão linda!

    ResponderExcluir
  2. Ai <3 OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo! E que lindo blog! Nossa, conheci seu blog hoje e estou apaixonada! Tudo muito lindo e delicado <3 Parabéns!
    http://factoryideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Linda <3 obrigadíssima!

    ResponderExcluir
  5. Esse poema é simplesmente in-crí-vel! O tipo que eu olho e falo "caramba! Eu deveria ter pensado nisso! Parabéns mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Lindona <3 obrigada!

    ResponderExcluir