sexta-feira, 31 de julho de 2015

Ofegante no morrinho


gosto de
encenações
com muitos movimentos de corpo
modelando qualquer coisa abstrata no ar
violentamente
bruscos
movimentos de explosão
energéticos densos trêmulos
urgentes
um puxão de cabelo
um palavrão bem mastigado
num universo onde raiva e conflito se acariciam
aconchegados
e trocam beijos no rosto
enquanto planejam se matar.
é tão bonito ver sintonias complicadas.

Nenhum comentário:

Comentário(s):

Postar um comentário