quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

O que eu aprendi esse ano x o que quero aprender no ano que vem


Aglomerado pontual de coisas que aprendi e coisas que quero aprender. Ou fazer. Assuntos diversos.

2016, obrigada

1. É horrível ter assuntos inacabados? É. Mas nem tudo precisa ser resolvido. Nem tudo pode ser resolvido. Nem toda insistência para concluir algo é saudável (apesar da ideia que temos de nos livrar para sempre de algo, alguém ou uma situação como o melhor cenário possível - as vezes NÃO DÁ!).
2. Multitasking é inútil. E a menos que você tenha TDA, TDAH, hiperatividade ou algo do tipo, que talvez seja bom ter vários estímulos para realizar suas tarefas. Mas, no geral, faça uma coisa de cada vez, ok? (É um aprendizado gradual, mas vale meu esforço!)
3. Dizer não. (Também gradual)
4. Fazer terapia é maravilhoso. Não desista no primeiro "desalinhamento" psicóloga-paciente.
5. Frequente brechós. Siga brechós no instagram. Compre de brechós. Venda pra brechós. Brechós.
6. Para tirar carteira de motorista, ajuda muito (no exame de direção) ter humildade ao mesmo tempo em que você age como se todo o equilíbrio do trânsito estivesse nas suas mãos pois todos os outros motoristas são imbecis. (É uma perspectiva ótima para se manter em mente, juro!)
7. Parar de adoçar chá.
8. Correr riscos é importante. 
9. Ter em mente que as minhas prioridades sou eu quem defino e ninguém pode mudá-las ou me fazer se sentir mal por elas.
10. Na dúvida, seja racional.
11. Local de fala: lembre-se sempre que pode ter gente com mais propriedade que você para falar sobre algo. E esse lugar de fala é direito dela. Não o tome. Deixa a mina, deixa os negros, as lésbicas.
12. O 'conceito' de 'querer biscoito'. É realmente importante e ridículo se rever.
13. O segredo é dar o seu máximo. Daí não vai ter porque se sentir mal por algo não alcançar suas expectativas. Ou pelo menos pode tentar não se sentir mal.
14. Valorizar coisas minúsculas como "vender cadernos e descobrir que eles cabem perfeitamente em caixas de paçoquitas, facilitando o transporte em 500%".
15. Raro mesmo é gente "cis". O conceito de gênero é incerto e lotado de estereótipos que ninguém segue à risca.
16. A regrinha de "me arrependeria mais de fazer ou de deixar de fazer?" é uma das minhas favoritas no momento.
17. Na verdade, contar seus planos para as pessoas pode ser bom se você pensar na "pressão" que vem delas como um combustível para você agir, não procrastinar, tentar. Mas com sensatez. Funciona se bem aplicado.
18. Culpa é um sentimento inútil.
19. Esquecer das coisas, ser distraída NÃO deslegitimam a força da sua palavra, do que contesto.
20. "Esquecer" o medo quando é conveniente.
21. Saúde mental é tudo.
2017, por favor

1. Parar de dar dinheiro pra todo mundo na rua antes que não consiga nem pagar a passagem pra casa.
2. Parar, pelo amor de deus, de me importar com o que as pessoas falam. Parar de especular se as pessoas especulam sobre mim.
3. Defender meu ponto de vista. Defender minha autenticidade. Viver minha autenticidade (descobrir minha autenticidade). Desapegar da inferioridade em relação aos outros.
4. Desacelerar. Pegar menos tarefas e dar mais alma nas minhas favoritas.
5. Não me deixar de lado, não deixar meus hobbies de lado.
6. Cozinhar. Eu cozinho umas coisas (e geralmente com ajuda de receitas), mas queria aprofundar. Principalmente na culinária vegetariana, já que quero me preparar para ser estrita um dia.
7. Estudar mais sobre gênero, imposições e opressões. Devo me forçar a ser uma ~quebradora de todos os estereótipos de gênero~ para provar um ponto?
8. Controlar a paranoia.
9. Elogiar mais. Ser uma amiga melhor.
10. Fake it till you make it ("finja até ser").
11. Estudar mais o paganismo pode fazer bem.
12. Foco, atenção, memória.
13. Não me cobrar de forma doentia.
14. Parar com essa de querer me justificar o tempo todo.
15. Pensar antes de falar. Tentar me policiar, mas sem forçar a barra.
16. Controlar minha irritação com coisas pequenas ou irrelevantes. Ou que simplesmente não deveriam me irritar tanto. Ok, as pessoas que largam bandeija na mesa em praça de alimentação ou pessoas que usam 40 folhas de papel para enxugar as mãos no banheiro são idiotas, mas fazer o quê?
17. Aceitar elogios. Cortar essa necessidade de driblar elogios que recebo com autodepreciação.

O que você pretende aderir das listas?

(meu listography tem mais dessas)

9 comentários:

  1. Eu não consegui juntar uma boa quantidade de aprendizados desse ano, mas olha só, minhas "metas" para 2017 seguem a mesma linha que as suas.
    p.s. amo seu listo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi um ano pesadíssimo e só pra aprender ~na marra mesmo. Pfvr que seja menos exaustivo agora hajahaha
      E ♥♡

      Excluir
  2. Fique um tempão lendo e ficando nostalgica... Sempre achei tudo tu ter listograph mas nunca consegui ter um, porque eu gosto de escrever e riscar, é terapeutico.
    ///////////
    13. O segredo é dar o seu máximo. Daí não vai ter porque se sentir mal por algo não alcançar suas expectativas. Ou pelo menos pode tentar não se sentir mal. (Algo que to tentando por em pratica).
    3. Defender meu ponto de vista. Defender minha autenticidade. Viver minha autenticidade (descobrir minha autenticidade). Desapegar da inferioridade em relação aos outros. (Sobre me sentir mal por sempre me por inferior às pessoas, e que isso é diferente de humildade, e que humildade tbm não é bom).
    .....Muitas coisas passaram pela minha cabeça lendo, dai me deu uma crise de ansiedade bacana aqui, ta bacana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Af, desculpa pelo gatilho (?), mas entendo a vontade de riscar! Pra mim, o riscado do listography e do todoist (que até te dá "pontos" por concluir tarefas) é o suficiente, mas papel é sempre bom.

      Excluir
    2. Simmmm, eu vi isso agora que ativei minha conta. Tô usando agora hehe, mas ainda tenho meus papeizinhos
      Não se desculpe, foi muito util!

      Excluir
  3. Caraaaan, ti juro juradinho de dedinho (juro tb que não to cruzando) que fiz uma lista dessa ontem no meu journal de feelings. Coexões rolando.

    ResponderExcluir
  4. Você elabora listas de um jeito tão <3

    ResponderExcluir